Dicas

Usar serviço de internet no celular viajando pelo Brasil é dureza

 Berichte Bericht01 Gunbarel Track
estrada da comunicação no Brasil

Estou em SP hoje e amanhã vou até Uberlândia para um casamento.

Assim como tudo que existe de serviço que não presta neste país depender da internet pelo celular no Brasil é uma piada.

Pela rodovia presidente Dutra tentei acessar meu email com meu k790 várias vezes e nada. Esperava até ficar perto de uma torre de celular mas mesmo com sinal lá em cima o GPRS tem um desempenho vergonhoso. Se é azar o meu? Acho que não. Já testei a rede GPRS em SP e sei que é lenta mesmo. Minha operadora é a TIM e deveria ter um certo padrão de qualidade pois o que eles anunciam na TV é o sonho, nada de realidade na prática. Como podemos saber onde funciona o gprs? Eles não dizem ao certo. É aquele dilema que você até consegue uma hora mas tem que insistir. Viajando pela Europa testei a rede 3G da Vodafone e aquilo é um espetáculo de velocidade. E lá com certeza o controle de qualidade é melhor ou existe.

No Brasil a rede 3G será brevemente leiloada e talvez até o fim do ano teremos esta tecnologia disponível. Com qualidade? Aí eu não sei…

O que é certo é que os órgãos que regulam a telefonia no Brasil deixam a desejar (vide ANAC e caos aéreo). Não temos padrão de qualidade. Não temos a menor noção de que o serviço que usamos é bom ou não. Temos que contar com a sorte ou com nós mesmos. Como diz o presidente apedeuta Lulla, temos que levantar a bunda e nos virar né?

Opções para acessar a internet viajando pelo Brasil

Usar a rede de internet da sua operadora celular. Pode sair caro e ter uma dor de cabeça com a lentidão. Já usei tanto no Pc quanto no Mac a conexão via modem bluetooh para o celular que liga na rede GPRS e a velocidade é horrível mas dá pra checar emails e navegar pela internet se você tiver muita paciência.

Você pode usar o próprio celular para acessar os emails, basta que configure sua conta no programa interno ou navegue pelo browser até seu webmail.

Se a sua operadora é a Vivo, pode usar o cartão PCMCIA que liga na internet. Tem um custo mensal de mais ou menos (última consulta que fiz) 140 reais e internet livre de limites de Mb.

Pagar por cartões de acesso em hoteis é caríssimo. No hotel que estou aqui na Haddock Lobo, um cartão de 6 horas contínuas (se você inicia não tem como parar e continuar depois) custa 15 reais. Até parece barato se você fica 1 dia por aqui mas quem é que fica 6 horas conectado direto?

Se você tem um notebook com wireless tente pegar uma rede wireless aberta. Existem programas que ajudam nisso. Já mencionei para o Mac o iStumbler e o WiFind (programa pago mas barato e vale a pena). Não me dei bem com o iStumbler e o WiFind sempre acha as redes abertas pra mim. Para o Pc existe o excelente WeFi que mapeia as redes wireless abertas geograficamente.

Encontrar um hotel que tenha internet em um escritório para clientes ou uma LAN house. Em termos de comodidade e mobilidade estas são as opções desesperadas caso você realmente não tenha outro jeito.

Lógico que muita gente vai dizer – “Ah! Eu uso o meu Treo tranquilamente!”. O meu ponto de vista aqui é dizer que com um celular, não é confortável ainda o acesso a internet móvel no Brasil. Depende de sorte e custa caro.

Qual a sua experiência? Você concorda ou discorda? Quanto paga pelo serviço?

Deixem comentários…

Comments
To Top