Tutoriais

Otimizando o WordPress e Evitar Problemas CPU – Parte II

Com o painel de controle que o Media Temple disponibiliza para monitorar os recursos de CPU que este blog utiliza, pude então organizar mais uma lista de manobras para otimizar o WordPress. Fiquei obcecado por levar a minha página ao consumo mínimo possível, seja usando cache ou não. Hoje passei o dia com o cache desligado para testar os resultados. O que eu fiz?

Vejam a lista dos scripts/plugins WordPress que mais utilizavam CPU:

1. NextGEN Gallery Plugin. Embora usado somente em 5 páginas com pouca popularidade, os recursos de cpu ficavam em 1o lugar.

2. Em segundo lugar arei de usar o plugin share-this. A versão em português com os sites brasileiros como Ueba e Rec6 ficou em segundo lugar em pior desempenho. Removido na hora. Substituí pelos links diretos com ícones que eu mesmo fiz como podem ver nas páginas individuais (single.php).

3. O link gusleig.com/sos/feed ficava em 3o lugar na lista dos vilões de cpu. Para evitar o acesso direto ao feed, instalei o plugin do site Feedburner para WordPress a fim de direcionar todo tráfego do link de feed RSS do meu domínio para lá.

4. Parei de usar no meu index o plugin Popular Posts substituindo a listagem dos melhores artigos pelo widget do AideRSS. Com o uso de cache este plugin não funciona 100%. A página AideRSS tem excelentes recursos de classificação dos melhores artigos para seu blog, basta cadastrar o feed e obter o código em javascript para os widgets.

5. Substitui o plugin “related posts” pelo “similar posts”. Embora muito parecidos o desempenho do similar posts é muito melhor em relação a pesquisas no MySQL. Encontrei vários erros no log do servidor de pesquisas feitas pelo plugin “related posts”.

Comments
To Top