Consumo de CPU No WordPress Controlado no Media Temple

By | junho 25, 2008

Há duas semanas que me mudei para o Media Temple e só tenho a comemorar. As visitas ao blog aumentaram em 30% e não tive ainda nenhum problema com o servidor em termos de disponibilidade ou CPU. Estou usando o Grid Server com o MySQL Container de 128MB que custa 40 dólares por mês. Venho pela passagem por várias empresas que disseram que meu blog consumia muita CPU, inclusive o MT, que na verdade foi mais inexperiência minha em lidar com os problemas do que outra coisa. Num artigo anterior mostrei como escolher um boa empresa de hospedagem fazendo algumas perguntas ao departamento de vendas. É bastante simples.

Como podemos monitorar o consumo de CPU de um site? No caso é um blog WordPress que conhecidamente, qualquer utilizador deve saber que se não souber o que faz pode por tudo a perder, instalando indevidamente plugins inúteis ou não tomando os cuidados necessários.

O Media Temple tem uma ferramenta de relatório de utilização de CPU, chamado GPU Usage Report. GPU é o termo para “Grid Performance Unit”, ou “Unidade de Performance do Grid”.

Eles dão a você no Grid Server 1000 GPUs que podem ser utilizados por um mês o que dá 1.4GPU por hora. Através dos relatórios de consumo você monitora o que está errado, sabendo então qual página causa o maior ou menor consumo de GPU, o que permite fazer as devidas correções.

Media Temple GPU Usage

Vejamos o gráfico gerado para este blog que tem cerca de 5k pageviews por dia no período. Propositalmente utilizei o plugin Super Cache ativado plenamente onde esta marcado de verde.

Na parte em vermelho, desliguei o cache e depois na parte azul ativei somente em 50%.

Não é preciso ser muito inteligente para perceber como o uso do cache é obrigatorio. Tenho que dizer também que em todo período o tempo de resposta ficou mais ou menos o mesmo, ou seja, mesmo com plugin de cache desativado a CPU atendeu a demanda.

mysql container 128MB
Além do relatório do gráfico de GPU, podemos ver a lista dos scripts php que usaram mais recursos em porcentagem, quantidade de acessos, escrita e leitura. Uso muito esse painel para ver quais plugins estão “derrubando” o servidor. Nem preciso dizer o quanto é útil esta informação.

cpu wordpress top scripts

Existe também, no painel de controle do MySQL container, um relatório das consultas mais demoradas ao banco de dados. A ferramenta faz uma análise de todas as consultas e relaciona as que demoraram mais de 2 segundos.

Deste modo é possível então:

1. Identificar as páginas, scripts e plugins com problemas.

2. Identificar as pesquisas que mais consomem cpu e podem deixar o blog mais lento.

3. Ter uma visão completa da melhor maneira de usar seu blog wordpress.

Talvez para alguns seja melhor usar o super cache e para outras somente o wp-cache. Somente fazendo testes e colhendo resultados é possível determinar a melhor fórmula. Eu encontrei a minha que é usar o super cache, otimizar meus scripts e e reduzir ao mínimo a lista de plugins.

Lembre-se que o que realmente importa é o conteúdo com velocidade. Sempre dá pra melhorar em alguma coisa, basta livrar-se das perfumarias.

Caso esteja escolhendo um servidor de hospedagem eu recomendo o Media Temple e se optar por colocar seu blog lá, faça isso usando o banner abaixo, desta forma estará contribuindo para o desenvolvimento deste site.