E o Cuil Que Eu Tenho a Ver Com Isso?

By | julho 31, 2008

Essa semana vimos o (mal) lançamento de um novo serviço de buscas, o Cuil. Criado por ex funcionários do Google, com uma interface atraente e organização dos resultados em colunas e categorias, o Cuil mostrou como lançar uma boa intenção que ainda está bem prematura e sem conteúdo.

Para os amigos brazucas, qual o interesse agora no Cuil?

كأس العالم 2008 لكرة القدم
1. Ele só mostra resultados em inglês. O Google já apresenta em 40 idiomas.

2. Apesar de fazer propaganda que pesquisa em mais páginas que o Google, fazendo uma simples busca por “Albert Einstein” mostra 1,021,600 resultados no Cuil, enquanto o Google mostra 20,300,000.

Além disso, o cache de páginas parece ser antigo. Fiz uma busca por termos deste blog e o Cuil mostrou páginas que nem existem mais e que foram criadas pelo fatídico tradutor automático que eu burramente instalei por um período de alguns meses atrás.

Lembro bem quando comecei a usar o Google e o porque que abandonei o Altavista e outros serviços. O Google sempre apresentou resultados mais relevantes. Sempre respondeu minhas perguntas de uma forma que eu dificilmente passei da 2 página de resultados. O Google é uma excelente ferramenta de busca na internet, a melhor que existe.

Para superar o Google será necessário muito mais do que uma cara bonita, ajax e categorias para resultados.

E eu realmente desejo que alguém esteja trabalhando por isso, afinal isso só melhoraria o uso da internet. Enquanto espero pelo dia que uma empresa os supere, tenho que muito a agradecer ao Google, pois (99%) de meus problemas são solucionados com seus resultados precisos.

Obs: Certamente pouca gente lerá este artigo pois o título contém um trocadilho, sendo assim terá menos resultados através do Google.

  • Sir Lucas

    Ah, cara, eu li. 😀
    Acompanho o blog.

    Tentei usar esse Cuil apos vê-lo em varios jornais (!) na TeVe (!!).
    E não entendi o porquê do rebuliço todo.
    Ele parece confuso, e mal formatado pra quem não utilize a lingua inglesa.
    Ainda vai ter que comer muito arroz e feijão pra chegar perto do Google, o melhor site da internet.

    Hug.s!