Da série: O Brasil me causa náuseas

É triste pensar que na minha geração não verei este país, dotado de tantas qualidades, dar certo. É triste ver que a classe média do Brasil, a classe que trabalha, paga impostos , paga plano de saúde e vive na berlinda do seus ganhos, ser julgada como “as zelites” e fazer parte da classe colocada como vilã por estes terroristas petistas. Promotores do apartheid social e racial, não medem esforços para colocar em prática seu plano de poder. Aliam-se até ao demônio e descem ao inferno sem sentir qualquer calor. O pior não é ver pobreza, mas pobreza de espírito de um governo que cultua o atraso pois sabe que nele tem abrigo para suas políticas. Aos que lerem esta nota, dêem uma olhada no livro “A cabeça do brasileiro” escrito por Roberto Almeida. Um livro que relata através de estudos e pesquisas que quanto mais cultura a o brasileiro tem, mais tolerante ele é com pessoas diferentes dele e menos tolerante ele é com o tal jeitinho brasileiro. O livro mostra que a falta de cultura esta relacionada ao conservadorismo. Um afronte a tese da cultura do pobrismo, tanto praticada pelo presidente Lula. Resumindo, a classe média seria de esquerda, e justamente esta classe é tanto massacrada e colocada do lado do inimigo pelo governo com suas políticas sociais burras e sem planejamento.

Technorati Tags: , ,

Outros textos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.