Vida, Saudade e Amor

Saber viver,
é dividir emoções,
amar a vida é estar agora
em plena paz,com o
que passa no seu olhar.
Todos nossos momentos
são infinitamente melhores
do que sem você para
apenas lançar uma breve
aprovação.
O tempo não divide,
e sim pessoas decidem,
em viver com suas consciências
em plena sanidade de solitude.
Nunca é demais ser especial,
no olhar de alguém que não te julga,
nos braços de quem não espera,
nada além daquele momento.
As vezes nos separamos de vidas
que escolhemos não viver,
e a vida, o tempo,
são coisas que estão sempre
atrás ou a nossa frente,
para nos distanciar ou aproximar.
É o barco chegando ao cais,
e o primeiro abraço de uma grande saudade,
dos que passaram e,
principalmente de quem está agora ao seu lado.
Nunca é demais olhar-te novamente,
lembrar daqueles meros momentos,
que podiam ser eternos.
Simples coisas que passam e que não voltam,
resta-nos a busca pelo novo,
por algo que nos faça esquecer,
que na verdade tudo passa,
como passa a própria vida,
porque se não passar,
também é eterno nosso amor.

Outros textos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.