Te Esperar, Dias de Inverno

Se todos dias são iguais?
ha aqueles que não são dias,
são eternos vácuos sentimentais,
inverno no meu coração,
atos para cumprir certa rotina,
ponte para um certo outro dia igual,
mas que vai marcar a nossas vidas,
pois até lá, o que há demais além,
de esperar pra te ver,
pra te dizer coisas mínimas,
que só fazem sentido quando nos olhamos,
há o tempo desta dúvida,
ah, mas vou, um dia.
sei como será pois imagino,
como sinto o calor de uma manhã de verão,
com o sol que abriu depois da chuva,
pra passar um dia inteiro ao seu lado,
que começou com a vontade,
foi passando pelo seu toque, seu olhar,
e se despediu com aquela saudade,
que aperta os corações mais frios,
até um outro dia chegar,
mas até lá, com a certeza de te ver.

Outros textos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.