Criar Seu Blog no WordPress

O WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo grátis, o mais popular na internet, usado em mais de 60 milhões de sites (dados de 2019), presente em 33% dos maiores 10 milhões de sites.

O WordPress foi desenvolvido na linguagem PHP e pode funcionar em praticamente qualquer servidor na internet sem grandes requisitos técnicos. Devido as suas características, ele pode ser customizado através de plugins e temas, o que o torna bastante atrativo para quem quer ter um site na internet.

Usando o WordPress para criar um site, é possível publicar conteúdo de uma forma otimizada, usando técnicas de Search Engine Optimization, para que o Google faça uma melhor indexação.

Por isso o WordPress é o gerenciador de conteúdo mais utilizado e o que eu recomendo para todos que querem começar um novo blog ou site. Vamos ver neste artigo o passo a passo para Criar Seu Blog no WordPress.

Como Criar Seu Blog no WordPress e Ganhar Dinheiro na Internet

Índice de Conteúdo


Aviso de Publicidade: Por favor note que alguns links abaixo redirecionam para sites afiliados, onde você compra o produto pelo mesmo preço e eu ganho uma comissão. Saiba que eu apenas recomendo produtos e serviços os quais eu conheço e já utilizei e por isso os apoio. Quando você clica em um link de afiliado você ajuda e incentiva a escrever neste blog artigos interessantes e grátis.

Como Criar Seu Blog no WordPress e Ganhar Dinheiro na Internet Click To Tweet

1. O Que é um Blog?

Um blog, abreviação de “weblog” é um site publicado na internet com um formato distinto, onde artigos são publicados em ordem cronológica como se fosse um diário. O artigo mais recente é sempre mostrado primeiramente no topo da página em seguida os outros na ordem cronológica inversa.

Até 2010 a maioria dos blogs eram mantidos por indivíduos ou grupos pequenos de pessoas, porém desde então passou a ser uma ferramenta de comunicação das empresas. Uma empresa manter um blog pode trazer diversos benefícios tais como: atualizar e aderir o seu público com novas publicações, atrair novas pessoas para sua cultura, por fim, serve inclusive para manter o site da empresa ativo na internet com novidades e atualizações.

Ou seja, o blog virou algo que serve desde o indivíduo até empresas. Uma pessoa pode iniciar um blog sobre qualquer tema e fazer daquilo sua voz, sua forma de expressão, pode inclusive, ganhar dinheiro com suas publicações.

Criar Seu Blog no WordPress é uma ótima maneira de iniciar um negócio na internet.

Por Que Iniciar Um Blog?

Por que você deveria iniciar um blog? Por que Criar Seu Blog no WordPress?

Você pode usar um blog apenas para escrever, afinal escrever é uma arte e exige uma técnica, algo que muitos profissionais bem sucedidos se esquecem de aperfeiçoar.

E se você tem uma paixão, pode usar um blog para tornar ela algo rentável para você. Hoje em dia as marcas precisam mais do que nunca da comunicação entre pessoas, do compartilhamento, do divulgador.

Criar um blog com um propósito, quando bem executado, pode vir a ser uma profissão, ou um complemento de renda, pois existem diversas formas de se ganhar dinheiro quando se escreve bem e se atrai um público.

Qual a Dificuldade de Se Criar um Blog?

Criar um blog é algo fácil, que não requer nenhuma grande habilidade técnica. Pode exigir tempo, dedicação e um certo aprendizado inicial. Mas depois que as questões iniciais são ultrapassadas, tais como aprender a usar a ferramenta de publicação de conteúdo, você pode se concentrar apenas em escrever.

Relaxe, pois em 2020, criar e publicar em um blog está cada vez mais fácil. Há 10 anos atrás tudo era bem mais complicado. Hoje além da evolução das ferramentas, existem milhares de guias na internet que mostram como resolver os problemas envolvidos na criação de um blog. Por isso, não vejo problemas técnicos para quem quer começar.

Apenas se dedique, toda a informação que você precisa para Criar Seu Blog no WordPress está compartilhada na internet.

É Possível Ganhar Dinheiro Através de um Blog?

Sim. Existem muitas pessoas que ganham dinheiro escrevendo em blog, mas chegar lá não é fácil.

Acredito que qualquer um possa ser bem sucedido desde que escreva conteúdo de qualidade, consiga Criar Seu Blog no WordPress, e saiba rentabilizar o seu blog. Isso requer alguma técnica, mas depende apenas da sua vontade de aprender e persistência de continuar.

Existem diversas formas de se ganhar dinheiro com um blog. Seja através de publicidade com o Adsense do Google, Links de Afiliados, Criação de E-books, Patrocínio de links, Criação de cursos on-line, podcasts, etc.

Você não precisa usar todas essas formas para rentabilizar seu blog, vá gradualmente experimentando e testando a medida que for criando seu público. Não recomendo pensar no dinheiro antes de começar a publicar mas você deve ter um plano.

Por exemplo, pode ter uma estratégia de criar artigos sobre alguma coisa, escrever um e-book, dar o ebook para quem assinar sua lista de e-mail. Então rentabilizar com a lista de assinantes.

Primeiro escolha as formas de publicação que você tem mais aptidão e facilidade, comece por exemplo escrevendo ou criando vídeos. Quando conseguir atrair seu público, ai você pode pensar em começar a rentabilizar. Isso vai acontecer com naturalidade mas não deve ser uma preocupação inicial.

E tenha paciência, pois pode demorar até você realmente começar a faturar. O primeiro passo é Criar Seu Blog no WordPress, o que este artigo mostra passo-a-passo.

Quanto Custa Ter um Blog em 2020? Quanto Custa Criar Seu Blog no WordPress?

Para se ter um blog, ou Criar Seu Blog no WordPress, você precisa basicamente de um domínio na internet (www.seublog.com), pago anualmente, e um servidor de hospedagem que você paga mensalmente.

O custo do domínio depende do nome escolhido, porém um básico pode começar custando algo como R$15 até R$45, por ano.

Já o servidor de hospedagem depende de vários fatores, porém se for algo básico vai custar algo como R$30 reais, por mês. O servidor pode ter vários recursos que melhoram a performance do site, por isso o preço pode variar, porém para quem está começando, o valor é esse ai mesmo.

Como podemos ver, criar um blog talvez seja um dos trabalhos que menos necessita recursos para começar. Basta que você dê o primeiro passo e comece a produzir.

Este guia sobre Criar Seu Blog no WordPress, pretende dar uma ajuda inicial para aqueles que querem começar no negócio de ter um blog na internet.

Qualquer dúvida, comentário ou crítica, escreva sua mensagem na caixa de comentários logo abaixo deste artigo.

Por que Escolher o WordPress e não um site no Wix ou Squarespace?

Você pode escolher a plataforma que quiser para ter um blog, todos estes serviços como Wix ou Squarespace são excelentes. Porém se você quer ter a melhor plataforma com mais opções de customização e rentabilidade, você deve escolher o WordPress.

Criar Seu Blog no WordPress é uma maneira de ter todo o poder de customização nas suas mãos.

Escolhendo a Wix ou Squarespace, talvez você tenha menos trabalho para criar seu blog, porém suas opções de customização ficarão bem reduzidas, tanto de recursos como de rentabilidade.

Como Criar Seu Blog no WordPress e Ganhar Dinheiro na Internet

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que é um blog, vamos ver neste artigo as etapas iniciais para Criar Seu Blog no WordPress, começar o seu blog e rentabiliza-lo.


2. Escolha do Nome e Nicho do Blog

assorted-brand logos

O primeiro passo da sua jornada de ter um blog é a escolha do nome e do nicho das suas publicações. Pode ser um blog sobre culinária, automóveis, viagens, etc. Qualquer coisa que você tenha paixão e goste.

Ter conhecimento inicial sobre um assunto é bom, porém quando gostamos de algo vamos vendo que nunca sabemos de tudo.

Ter um blog é uma maneira de conhecer e aprender novas coisas todo dia, seja sobre novos assuntos ou então aprimorando um conhecimento anterior. Você terá que destrinchar um assunto para poder explica-lo para seu público.

Escolher o nome nunca é fácil, existem pessoas que já tem o nome na cabeça, outras que precisam pensar. Talvez escolhendo primeiramente o seu nicho você então defina o nome do seu blog. Isso é um processo pessoal de cada um, difícil dar conselhos.

O importante é lembrar que o nome escolhido deve existir um domínio disponível na internet, por exemplo, “seublog.com”. O domínio é o nome, chamada URL, que as pessoas vão digitar no navegador para acessar seu conteúdo.

O domínio é o endereço do seu site, é o link que o público verá quando pesquisar algo na internet e então vai clicar para ter acesso.

Como a internet está cada vez mais cheia de publicações, a escolha do nome possa esbarrar na dificuldade de se encontrar um domínio disponível.

Para domínios com sufixo “.com.br” você pode usar o site “registro.br” ou “Bluehost” o que tiver o preço mais barato para seu nome escolhido. A “Bluehost” também tem preços ótimos para outros domínios, tais como “.com”, “.net”, “.art”, “.shop”.

Serão duas coisas que você vai ter que comprar, o domínio e o servidor de hospedagem. A Bluehost oferece pacote com o domínio e hospedagem incluídos, algo prático onde você não vai precisar configurar nada.

Se você comprar o domínio em uma empresa e o servidor de hospedagem em outra, terá que fazer a configuração para que este domínio aponte para seu servidor. Nem todos sabem fazer isso.

Claro que você pode escolher a empresa de hospedagem que quiser, porém a Bluehost está no mercado há muito tempo, é a que eu recomendo pessoalmente para quem está começando a Criar Seu Blog no WordPress.

O Nome do Domínio Que eu Quero Não Está Disponível, o Que Fazer?

Se o nome que você quer não está disponível, você terá que escolher outro, porém isso não impede que você comece o processo de escolher um servidor de hospedagem agora.

O importante aqui é você começar agora o seu blog, Criar Seu Blog no WordPress, assim que você terminar de adquirir seu servidor de hospedagem, você pode escolher então um nome apropriado que exista domínio disponível.

Posso Trocar de Nome do Domínio Depois?

Domínios na internet são pagos anualmente, além disso você precisa associar o seu domínio com um servidor de hospedagem. Trocar de nome necessitaria comprar outro domínio e apontar ele para seu servidor, alterando a instalação do WordPress e os links dos artigos já publicados.

Dito isso, não é tão simples trocar tudo depois, porém não é impossível. Pense bem pois se acertar de primeira, o processo todo vai ficar bem menos complicado.


3. Colocando seu Blog Online, Domínio e Hospedagem

Leia: Escolhendo a Melhor Hospedagem para WordPress

Para começar a Criar Seu Blog no WordPress, você deve escolher o seu nome do domínio e um servidor de hospedagem. Existem diversas empresas que hospedam sites e blogs com o WordPress. É importante saber escolher porque neste mercado existe muito gato por lebre, empresas que vendem e depois não entregam.

Um site wordpress não precisa de muito recurso porém existem empresas que conseguem entregar quase nada de processamento para o servidor de hospedagem. Explicando melhor, você não terá um servidor exclusivamente seu e sim compartilhado com milhares de pessoas.

Isso deixa o seu site lento causando frustração com os visitantes e uma perda irreparável de público e receita.

O servidor é uma máquina com alguma capacidade de processamento e com um espaço de disco capaz de guardar seus arquivos, como o banco de dados e instalação dos arquivos do WordPress.

O melhor aqui é procurar uma empresa que ofereça o servidor que tenha instalação automática e gestão do WordPress como o Bluehost. Isso faz com que você não tenha que saber nenhum detalhe técnico, vai apertar um botão e ter seu site pronto para escrever.

O Bluehost tem um pacote de hospedagem excelente por cerca de R$20 reais por mês que oferece:

  • Certificado SSL gratuito pelo tempo de duração da hospedagem*
  • Hospedagem de 1 site
  • Armazenamento ilimitado /Visitantes ilimitados
    Email Business gratuito no 1 º ano 
  • Proteção de backup de sites com restauração em apenas um clique 
  • Domínio gratuito 
  • Verificações diárias automáticas de malware 
  • Otimizador de SEO Site de teste com um clique Remoção de malware e reparo de invasões ilimitados 

Escolha do Plano de Hospedagem

Leia: Instalando o WordPress no Google Cloud

O plano de hospedagem para WordPress deve conter o mínio necessário para ter o site rodando bem, isso de forma fácil de se configurar, sem detalhes técnicos ou recursos opcionais que só profissionais de TI saberiam ativar.

Lembre-se, se você ainda não está pronto para instalar e ter seu blog contratando um serviço de hospedagem, preocupe-se em ter ao menos o seu nome de domínio (seunome.com) registrado. Você pode Criar Seu Blog no WordPress posteriormente sem qualquer problema.

Recomendo, para comprar domínios, o serviço da Namecheap, que oferece preços baratos e um excelente suporte.

Para serviço de hospedagem, na Bluehost eles oferecem alguns diferenciais, tais como: Instalação do WordPress automática, o domínio grátis, o certificado SSL de segurança grátis, espaço ilimitado e o email gratuito.

Com estes recursos você pode ficar tranquilo no seu primeiro ano como profissional de produção de um blog.

Durante o processo de compra do plano na Bluehost, você será questionado sobre o nome do domínio que deseja ter. Se você ainda não souber, pode pular essa parte, mas já seria bom colocar o nome e economizar tempo.

O preço acima é para pagamento anual, o que da um bom desconto. Existem outras opções de pagamento, mas se você quiser pagar o preço mínimo, o desconto anual é o mais recomendado. Falo isso devido ao custo benefício, e também não ser um período tão longo o qual você não possa mudar se quiser depois.

Escolha seu plano de hospedagem

Clique aqui para ser direcionado para o site do Bluehost para o plano de hospedagem de WordPress nos planos que eu recomendo.

Depois que você abrir sua conta no servidor de hospedagem e ter seu domínio, Criar Seu Blog no WordPress, ter o WordPress funcionando, pode começar a pensar no passo seguinte, que é a escolha do seu design através do tema.


4. Escolhendo o Design e Tema Grátis do WordPress

O WordPress é uma ferramenta de gerenciamento de conteúdo, o que significa isso?

O WordPress tem os recursos básicos para o gerenciamento de publicações on-line, uma maneira fácil de ter uma interface para gerenciar editores e artigos, onde toda informação é armazenada em um banco de dados. O administrador só precisa se preocupar em escrever.

A parte principal do sistema do WordPress é o seu banco de dados e interface de publicação, porém a parte externa, visível para os visitantes, é gerada por algo chamado “tema” do termo “Theme” em inglês. O que é um tema?

Depois que Criar Seu Blog no WordPress, o tema é a casca exterior do WordPress, como os visitantes verão as suas publicações. É a cor de fundo, o tipo de fonte, a disposição das coisas na tela, espaçamento, margem, gráficos, etc. Tudo que envolve design vem do tema.

O tema é a parte crucial de comunicação com seus leitores, como seu blog ou sua empresa quer ser visto. Seu logotipo, suas cores, sua marca, ou seja, sua identidade.

O bom design de um tema passa confiança aos seus visitantes. É como visitar uma casa bagunçada ou que tem tudo de forma organizada e bonita, por isso tamanho é a importância de se ter um bom tema no seu blog.

Para aqueles que não são designers e programadores, o bom do WordPress é que existem milhares de temas grátis e pagos prontos para serem usados. Basta instalar um tema no seu WordPress, configura-lo e então suas publicações já aparecerão com o novo design.

Assim que você entrar na interface de administração do WordPress, (seudominio.com/wp-admin) , no menu lateral esquerdo encontre a opção “Aparência” e depois “Temas”.

O WordPress vem com alguns temas grátis já instalados, o Twenty Seventeen e Twenty Nineteen são dois exemplos. Se você clicar em “Adicionar novo” terá acesso a uma biblioteca de temas grátis do WordPress.

Antes de escolher o seu tema, você deve entender como funciona o WordPress e o seus tipos de páginas. O WordPress tem diversos tipos de modelo de páginas, vamos falar apenas de 3 aqui:

  • Home (Página principal). É o que você vê quando digita “https://www.seublog.com”. O padrão do WordPress é mostrar uma lista dos seus artigos recentes, mostrando o mais recente primeiramente.
  • Posts (Artigos). O modelo de página de artigo individual, quando acessa “https://www.seublog.com/como-criar-site-no-wordpress”.
  • Pages (Páginas). Parecido com “Posts” porém as páginas não entram na sequencia cronológica mostradas na sua Home. Serve mais para artigos estáticos, como por exemplo, sua página de perfil ou que tenha um formulário de contato.

Os temas no WordPress também se dividem em criar designs específicos para cada modelo de página, home, posts e pages (páginas).

Quando você instalar um tema, procure pela opção “Personalizar” que fica dentro do menu “Aparência”, logo abaixo de “Temas”. Esta opção mostrará o que pode ser personalizado no seu tema instalado. Existem temas com mais ou menos opções de personalização. Os temas pagos geralmente tem mais opções

Voltando para o tema, dentro de cada modelo de página do WordPress, você ainda pode ter a opção de usar um layout contendo a chamada “barra lateral” (sidebar), que pode ficar a direita ou esquerda (neste blog fica a direita por exemplo). Dentro de página ainda temos dois modelos, o chamado cabeçalho (header) e rodapé (footer).

Resumindo, podemos ver mais facilmente em uma imagem como é o layout de uma página no WordPress:

layout página no wordpress

Para sua barra lateral (a esquerda ou direita ou os dois), rodapé e cabeçalho você pode escolher os chamados Widgets. O que é isso?

São pedaços de códigos com alguma função específica, por exemplo, mostrar uma lista dos seus artigos mais populares. Você pode usar o Widget que mostra o seu endereço de contato no Rodapé por exemplo.

Além do Widget, o WordPress oferece outro pedaço de código com uma função especial, os menus. Você pode criar diversos menus, arrastando links ou usando páginas existentes no seu banco de dados.

O cabeçalho não pode usar widget e geralmente é possível personalizar dentro do tema, colocando seu logotipo e menus.

Temas Grátis Para WordPress que eu Recomendo

Depois que você Criar Seu Blog no WordPress, uma das maiores questões a serem resolvidas é a escolha do tema.

Com milhares de temas do WordPress para escolher e testar, recomendo que você dê uma olhada em alguns que são inteiramente grátis com opção de atualização e upgrade de recursos.

Qualquer tema que você for optar, escolha sempre pelo que tenha uma característica essencial: Ser responsivo.

Hoje em dia a maioria do tráfego na internet para blogs é originada em dispositivos móveis. Por isso, observer como o tema escolhido é visto através de um celular.

Um tema responsivo mantém seu conteúdo com design atrativo para leitura em qualquer dispositivo que o acesse. Ou seja, você terá a mesma identidade visual tanto se acessar o blog através do computador desktop ou de um celular.

Visite a página de temas grátis do WordPress para ver a quantidade de opções disponíveis grátis.

Se você precisar de algo mais profissional com mais recursos, existem excelentes temas pagos para WordPress no site ThemeForest.

Tema Grátis do WordPress – Hello Theme

O tema Hello faz parte de um ecossistema chamado Elementor, um plugin o qual facilita a construção de páginas complexas através de uma interface amigável e fácil de usar.

O plugin Elementor tem uma parte grátis e outra paga premium, com recursos mais avançados. O importante é explorar e aprender asa-lo pois permite que você construa páginas através de modelos, como por exemplo, uma “landing page” de produto.

O tema Hello ainda é compatível com o plugin WooCommerce, o mais completo para construção de lojas no WordPress.

Instale o plugin e depois o tema Hello para começar construir o seu blog.

Hello – Tema grátis do WordPress

Tema Grátis do WordPress – Astra

O tema Astra é leve, responsivo e customizável. Oferece templates compatíveis com o Elementor para rápida construção de páginas no seu blog. Ele é versátil de modo que pode ser usado para um blog pessoal, portfólio ou sites comerciais através da integração com o WooCommerce.

Uma das características mais interessantes é que o tema Astra é bastante leve e rápido para abrir (tem menos que 50Kb de tamanho). Construído com foco em Search Engine Optimization, usa o código integrado do Schema.org, sendo preparado de forma nativa para rodar mais rápido em dispositivos móveis.

Astra – Tema grátis do WordPress

Estes dois temas do WordPress, o Hello e o Astra são excelentes pois tem um design limpo, customizável e funcional, especialmente rápidos. Eles podem se adaptar a qualquer página que você quiser construir.

Depois que você Criar Seu Blog no WordPress, o site fica leve porém adicionando o tema e plugins, tudo começa a ficar mais complexo e você pode experimentar uma lentidão. Um tema mal construído pode deixar o seu blog do WordPress lento para carregar páginas, algo que você deve evitar a qualquer custo.

Comece instalando um tema grátis para entender como funciona o WordPress, crie suas publicações, deixe algum tempo passar para avaliar então comprar um tema mais completo.

Quando você escolher um tema para WordPress, além de verificar se ele consegue passar a sua identidade visual, se tem alguns recursos básicos, tais como:

  • Atualização. Funcionam na última versão do WordPress, tem atualizações frequentes para problemas.
  • Customizável. Permitem personalizações, construção de páginas diferentes, troca de cores e disposição de partes da página, com por exemplo o menu e barra lateral.
  • Plugins. Permitem instalação de plugins (a maioria permite).
  • Responsivo. Temas devem ser responsivos. Isso é muito importante! Significa que o tema adapta seu layout quando acessado por dispositivos móveis, mantendo a identidade visual para diferentes telas.
  • Compatibilidade com WooCommerce. Principalmente para quem pretende vender algum produto ou serviço no seu blog.
  • Suporte. Um tema pago deve ter um bom suporte técnico para responder a problemas.

5. Plugins Essenciais Para WordPress

Depois que você Criar Seu Blog no WordPress, verá que o plugin é o “canivete suíço” do WordPress. Através da instalação de diversos plugins, a maioria grátis compartilhada na internet, você consegue novos recursos para seu blog.

Os plugins podem oferecer um recurso de manutenção, de design, ou até de praticidade para se obter algum recurso que o WordPress não oferece.

Quando você instala um novo plugin no WordPress, você adiciona novos recursos e funções, que podem ser vistos no menu de configuração ou até um novo item no menu lateral esquerdo.

O importante é saber que você deve sempre instalar um plugin de uma fonte confiável, (dentro da própria área de gestão do WordPress), ver se ele é compatível com a sua versão do WordPress e também verificar se ele continua sendo atualizado.

Tudo isso pode ser visto na página do plugin que fica sempre dentro do portal oficial do WordPress.

Se você usa o WordPress no seu blog, veja esta lista para baixar agora 8 plugins essenciais Clicar para Tuitar
  1. Google Analytics Dashboard. Este plugin ajuda a instalar o código de rastreamento do Google Analytics.
  2. WP Fastest Cache. Deixa todo seu site mais rápido, colocando as páginas em cache, reduzindo carga no servidor.
  3. Yoast SEO. Ajuda a otimizar as páginas (SEO) para pesquisa do Google.
  4. WP-Dbmanager. Faz backup do banco de dados do WordPress.
  5. Contact Form 7. Permite criar formulários, como uma página para contato no seu blog.
  6. Wordfence Security. Faz a segurança do seu blog WordPress, contra ataque de hackers e malware. Super importante.
  7. WordPress Popular Posts. Cria automaticamente uma lista com seus artigos mais populares com base na visitação.
  8. WooCommerce. Oferece recursos completos para se criar uma loja online dentro do seu blog WordPress.

6. Configurações Principais do WordPress

Após você Criar Seu Blog no WordPress, realizar a instalação, existem algumas configurações que você deve fazer imediatamente para que seu blog funcione da melhor forma possível.

O link permanente coloca na URL das páginas do seu blog, as palavras-chaves do título. Isso é excelente para a otimização de ferramenta de pesquisa do Google, nosso famoso SEO.

Acesse “Configurações”, “Links permanentes”, e escolha a opção por “nome do post”.

Título do Site

Em “Configurações”, “Geral”, mude o título e descrição do seu blog. Lembre-se de colocar as palavras-chaves principais na sua descrição, importante para que o Google identifique corretamente o propósito do seu blog.

Crie Seu Primeiro Menu

Em “Aparência”, “Menus”, crie seu primeiro menu principal do seu blog. Este menu ficará no cabeçalho e deve ao menos conter um link para sua Página Principal (home) e sua página de contato (você deve criar sua página de contato primeiramente).

Mais importante do que criar o menu completo é aprender como esse recurso do WordPress funciona.

Defina o Conteúdo da Sua Página Inicial

Quando você acessar seu domínio, o WordPress o direciona para a chamada página inicial, ou Home. O WordPress permite que na página inicial, sejam mostrados seus artigos recentes ou então uma página estática (que você deve criar primeiramente).

Para definir sua página Home, vá em “Configurações”, “Leitura”. Escolha se sua página inicial exibirá seus posts recentes ou uma página estática.

7. Escrevendo Seu Primeiro Artigo

Você pode conseguir qualquer coisa escrevendo

C.S. Lewis

Escrever é a alma do seu blog. Ninguém acessa um site porque o acha bonitinho e sim porque tem algo relevante que acrescente alguma coisa.

Por isso, o conteúdo é a parte mais importante onde você deve se dedicar a maior parte do tempo.

Muitos sites são construídos com diversos recursos, design, popups e outras distrações que são inúteis quando não se encontra um bom conteúdo. O fato é que a parte principal de se Criar Seu Blog no WordPress é focar sempre no conteúdo que vai publicar.

Lembre-se sempre que você estará escrevendo para responder ao seu público, a única coisa que você pode fazer para se planejar é se perguntar o que ele quer e precisa saber.

  • Por que alguém deve ler o seu blog?
  • O que você oferece de diferente de outros blogs parecidos?

São perguntas que você se deve fazer e procurar responder todo dia. Por isso a importância da escolha do seu nicho, de algo que você tenha paixão ou um interesse para falar e escrever.

Se você não souber bem o seu nicho, procure abrir mais o leque de opções e com o tempo ir se aprofundando nos assuntos que encontrar mais interesse e facilidade em falar.

Com o tempo nós mudamos e o que gostamos também pode mudar, por isso as vezes se colocar em um nicho muito detalhado no começo pode ser uma má estratégia.

Imagine que alguém escolha escrever sobre um modelo de um carro, e no ano seguinte a montadora encerra aquele modelo. Será muito mais complicado criar novidades e assunto para algo que já nem existe mais.

Por outro lado, caso a escolha seja sobre automóveis esportivos, seu leque de opções se abre e você fica menos suscetível a variações no tempo.

Assim como na escolha de uma profissão, saber seu nicho pode ser complicado, mas com algumas perguntas feitas a si mesmo, a resposta pode ser encontrada.

  • O que você pessoalmente faz com facilidade que não parece trabalho?
  • Qual a melhor parte do seu dia?
  • Quais são os seus hobbies?
  • Você passa mais tempo fazendo o quê?
  • Outras pessoas elogiam que você faz? O que seria?
  • Tente se lembrar de algo que tenha feito que você se orgulhe.

Anote as respostas para estas perguntas e reflita. Com certeza este processo vai ajudar você a encontrar uma resposta que determine qual é a sua paixão.

Transformando Paixão em Dinheiro

De tudo que é escrito, amo apenas o que uma pessoa escreve com seu sangue. Escreva com sangue, e você descobrirá que sangue é espírito

Friedrich Nietzsche, Thus Spoke Zarathustra

Uma coisa é ter uma paixão, outra coisa é transformar aquela paixão em dinheiro.

Escrever bem, algo diferente, com paixão e que transforme as pessoas.

Indo além, enxergar oportunidades de negócios na sua paixão é um exercício necessário em qualquer ramo de atividade.

Por isso, é necessário analisar as diversas formas que seu nicho escolhido pode se transformar em algum negócio rentável. E acredite, existem muitas. Criar Seu Blog no WordPress permite que você explore todas essas oportunidades.

Pessoas tendem a pagar por algo que resolva um problema para elas. Como você pode resolver algum problema para alguém?

É necessário avaliar a demanda por aquilo que você vai produzir, a boa notícia que na internet isso é fácil de se fazer. Se você já sabe o que tem interesse, seu nicho de trabalho, agora é por em prática a análise de demanda.

Uma forma prática de analisar o volume de tráfego gerado na internet, ou demanda, é pesquisando no Google Trends ou Google Ads.

O Google Ads mostra a demanda por palavras-chaves. Fiz um exemplo colocando as palavras “travessia pertrópolis teresópolis”, um destino bem popular para quem gosta de trilhas na região serrana do Rio de Janeiro.

Vamos ver os resultados:

Com esses dados é possível concluir que criar um artigo no blog contendo no título a sequência de palavras “travessia petrópolis teresópolis” tem muito mais procura que “travessia teresópolis petrópolis”.

Isso mostra que para cada publicação feita, você pode saber qual a expectativa de público. Não significa que você vai ganhar esse público porém mostra o potencial.

Como Ter Idéias Para novos Artigos

Agora que vimos como explorar a demanda por assunto na internet através do Google Ads, podemos ficar livres para pensar no que escrever, afinal, Criar Seu Blog no WordPress é sobre publicação de conteúdo de qualidade (pelo menos deveria).

O importante é sempre ter idéias para publicações e também ter uma agenda para que elas sejam feitas.

  • Quantas publicações você pretende disponibilizar por mês? Duas por semana, uma por dia, etc.
  • Qual a agenda de publicações? Toda sexta-feira, toda segunda, todo dia?
  • Qual o tamanho da sua publicação? Texto de 500 ou 1000 palavras, vídeo de 5 minutos.

Não se sinta pressionado para publicar todo dia, comece com um número de publicações confortável que possa ser feita na agenda programada.

Lembrando que você deve manter a qualidade do conteúdo das publicações para conseguir atender a sua agenda.

Voltando para as idéias que você pode ter, existem maneiras de chegar a elas:

  • Escreva um tema que você pretende escrever em um papel e tente dividi-lo em subpartes. As subpartes podem se tornar então novos temas. Exemplo, escrever sobre acampamento no Morro do Açú pode levar a escrever um novo artigo de o que levar na mochila em um acampamento.
  • Use a ferramenta de palavras-chaves do Google Ads para mostrar palavras chaves relacionadas.
  • Mantenha uma planilha com suas idéias, volume de tráfego estimado pelo Google Ads e um cronograma de publicações. Priorize as idéias que a ferramenta do Google Ads mostrar mais demanda.
  • Visite sites similares, seus concorrentes, para ter uma ideia do que estão falando.
  • Converse com amigos sobre os interesses do seu blog e obtenha novas idéias.

Lembre-se sempre de verificar no Google Ads a viabilidade de tráfego das suas idéias.

Como Escrever o Artigo no WordPress

Agora estamos prontos para escrever nosso primeiro artigo usando o WordPress.

Não vou entrar nos detalhes de como usar o editor de texto do WordPress mas vou focar em algo super importante que valerá para todos os seus artigos.

Escrever um bom título que capture a atenção dos leitores, o título é a porta de entrada para seu blog, onde os usuários da internet que estão procurando informação que pode ter em diversos links, escolham clicar no link que vá ate seu artigo.

Dicas para escrever um bom título de artigo que atraia cliques:

Lembre-se que, mesmo que Criar Seu Blog no WordPress signifique publicar conteúdo, existem técnicas para adequar as publicações para atrair público.

  • Use palavras-chaves que você pesquisou o tráfego no Google Ads.
  • Comece por um número pois eles atraem atenção dos leitores, por exemplo “10 dicas de viagens baratas”.
  • Use adjetivos para passar uma impressão ou característica do que está falando.
  • Use parênteses pois eles chamam atenção dos leitores.
  • Certifique-se de que o título consiste exatamente do que você vai escrever.

Categorias e Tags nos Artigos

No WordPress o conceito de categoria pode ser usado para separar tópicos principais do seu blog.

Por exemplo um blog de viagens pode ter uma categoria de Passagens Baratas, outra de Europa, por exemplo.

Por isso é importante pensar nas categorias principais do seu blog antes de começar a publicar. Importante não ter tantas categorias, eu diria que no máximo 10 é um bom número.

Com as categorias determinadas para o blog, podemos seguir adiante na nossa publicação.

Assim que você decidir sobre o título, escolha a categoria de publicação e as tags que caracterizam seu artigo. As tags podem ser as mesmas que palavras-chaves.

Estrutura Recomendada para Seu Artigo WordPress

  • Capriche no título, ele deve conter suas palavras-chaves.
  • Use sempre o recurso de Imagem destacada do WordPress. Pesquise por imagens sem direitos autorais no Google. Existem muitas e evita que você perca tempo criando suas imagens.
  • Sempre comece com 3 ou 4 parágrafos de introdução, apenas texto, seguindo então de uma figura que descreva visualmente o seu artigo.
  • Não faça parágrafos de mais que 3 linhas pois isso prejudica a leitura.
  • Use subtítulos para quebra as seções. Use figuras para descrever visualmente as seções.
  • Use e abuse de marcação como negrito para enfatizar coisas importantes ou destacar partes do texto.
  • Use um tema com fonte grande, algo como 16pt ou maior.

No tópico que falei dos plugins recomendados para instalar no WordPress, mencionei o Yoast SEO. Este plugin é importantíssimo para otimizar as páginas do seu blog para indexação do Google.

Além de funcionar para ajudar na otimização para pesquisa do Google, este plugin mostra dentro do editor do WordPress informações preciosas sobre a sua escrita e estruturação do artigo.

Sempre verifique as dicas dadas pela análise do Yoast para que seu artigo fique bem estruturado e bem escrito.

Enfim, Publicando o Artigo no WordPress

Agora que está tudo certo, você conseguiu Criar Seu Blog no WordPress, teve ideia de conteúdo, escreveu, melhorou seu título, conteúdo, categoria e tags, podemos publicar nosso artigo no WordPress.

Caso você não esteja pronto, pode “Salvar como rascunho” e publicar depois.

Se estiver pronto, basta clicar no botão “Publicar”.

8. Como Promover e Rentabilizar Seu Blog

Se você quer ter um blog e ganhar dinheiro na internet, você precisa de um conteúdo que seja diferente e único. Tuitar

Republicar Seu Conteúdo em Outros Sites

Use o Quora para responder perguntar sobre tópicos que você escrever, publique então uma introdução ao conteúdo do seu artigo com link para seu artigo original.

Outro bom site para republicar seus artigos é o Medium. O Medium paga para os editores um percentual das assinaturas mensais conforme a estatística de visualização.

Se o seu blog tiver um conteúdo profissional, você também pode compartilhar seu conteúdo no Linkedin. Não estou falando de compartilhar o link e sim publicar o artigo e colocar o link para seu blog original.

Automatizar a Publicação de Seus Artigos nas Suas Redes Sociais

Outra forma indispensável de promover seu conteúdo é através das suas redes sociais. Facebook, Instagram, Youtube, Pinterest, e qualquer outra que você tenha conta.

No Facebook existe o recurso de criação da página do seu negócio. Recomendo que crie sua página e publique o link para seus artigos dentro dela. Promova a página dentro do seu blog para que pessoas a curtam. Todos que curtirem vão automaticamente receber notificação de novas publicações no seu blog.

Uma maneira prática de colocar seu novo artigo compartilhado em todas as suas redes sociais é usar o serviço chamado dlvr.it. Assim que publicar algo novo, o dlvr.it vai pegar automaticamente o seu último artigo, verificar o título, link e publicar nas redes sociais que você quiser.

Outras Maneiras de Promover Seu Blog e Gerar Tráfego:

  • Mencionar outros blogs no seu site. O famoso “fazer networking” com outros editores. No fundo é ser generoso com quem produz conteúdo que tem valor e quem sabe talvez você também será mencionado.
  • Convidar pessoas do seu nicho para entrevistas e participações no seu blog.
  • Convidar outros editores para escrever no seu blog. Você cede espaço, cria um conteúdo diversificado para seus leitores e também consegue uma promoção por tabela.

Falamos já de criação de conteúdo e de promoção, agora podemos falar de como talvez possamos fazer dinheiro com o blog, afinal todo motivo de Criar Seu Blog no WordPress é a rentabilização de um negócio.

7 Maneiras de Ganhar Dinheiro Com Blog na Internet

Person Giving Fruit to Another

Ganhar dinheiro com um blog na internet é plenamente possível mas exige bastante dedicação e compromisso. Não é fácil nem vai ser rápido.

Esta parte do artigo está no final porque ganhar dinheiro deve ser a última parte de todo um processo, que se iniciou com a escolha de um nicho, do nome, passando pela análise de demanda, a criação do seu conteúdo e sua promoção.

Ganhar dinheiro com o blog não deve ser sua preocupação principal em nenhum momento. Primeiramente você deve ganhar seu público e tornar ele fiel ao continuar produzindo conteúdo relevante e transformador. Depois de conquistar o público você pode então monetizar através de algumas formas que vamos falar aqui.

1. Google Adsense

O Google Adsense é a publicidade do Google em espaços cedidos no seu blog. Você especifica aonde quer colocar um anúncio e o Google automaticamente faz o resto. Basta inserir pedaços de código nos lugares aonde os anúncios aparecerão.

No começo da onda dos blogs o adsense foi muito popular, como ainda é hoje, porém o uso do adsense tem diversos pontos negativos:

  • O blog fica com uma identidade visual prejudicada.
  • Cada vez mais os navegadores bloqueiam os anúncios.
  • Os ganhos dependem de bastante tráfego e cliques nos anúncios.

O uso do Google Adsense deve ser cautelosamente estudado para que seu blog não vire um outdoor de anúncios, afinal ninguém gosta de um site poluído.

Existem técnicas de colocar um determinado tipo de anúncio em lugares específicos que sabidamente são mais rentáveis que outros.

2. Programa de Afiliados

Um programa de afiliados oferece um percentual de vendas para o blog que indicar seus produtos através de links ou banners colocados nas suas páginas.

Existem diversos programas de afiliados para quase todo tipo de produto que imaginar, desde serviços de hospedagem até eletrodomésticos. Alguns dos programas de afiliados mais populares do mercado brasileiro:

Como Funciona Programa de Afiliados?

Quando você se cadastra em um programa de afiliados, você tem acesso a um portal onde pode ver as promoções e criar links para qualquer produto específico. Os links podem ser de produtos ou para uma pesquisa em um departamento, eles têm um código especial que permite ao programa de afiliados rastrear que a venda foi realizada através dele.

Quando um visitante vai até o seu blog e clica neste link, ele vai até o site da loja oficial com seu código de rastreamento, e se realizar a compra, o site saberá que você que vendeu o produto.

Se o seu blog gerar um grande número de visitas, o programa de afiliados pode ser uma excelente opção para monetizar pois oferece uma recompensa bem maior que um programa como o Google Adsense.

3. Conteúdo Patrocinado

Quando uma empresa vê no seu blog uma maneira de divulgar sua marca, ela pode convidar você para fazer um patrocínio de conteúdo.

É o que acontece com a maioria dos You-tubers e Instagram, quando estes conseguem captar um grande número de assinantes. As marcas gostam de divulgar seus produtos nestes canais por acreditar no modo direto e natural da comunicação deles com seu público.

O problema aqui é que dificilmente uma empresa vai fazer isso com um blog que está começando, geralmente procura blogs já consolidados com um grande número de visitas e popularidade.

Por isso é necessário ter paciência e persistência para captar sua audiência. Pode levar mais de um ou dois anos para começar a usufruir e monetizar sua popularidade.

Mas pode valer bastante, existem bloggers que ganham até 2000 dólares por artigo patrocinado.

4. Produção e Venda de E-books/Cursos

Quando você acumula um tempo escrevendo no seu blog, verá que muita coisa que escreveu pode ser consolidada e publicada em um e-book.

Ao interagir com seus visitantes, seja através dos comentários ou de perguntas enviadas por e-mail, você poderá ver os pontos mais sensíveis e que seu público precisa de ajuda. Daí em diante é escrever algo que faça a diferente em um novo artigo.

Um e-book nada mais é que uma reunião de artigos seus, com um trabalho de se acrescentar índice, talvez melhorar os artigos e organiza-los com um sentido do assunto principal.

Você mesmo pode criar seu e-book e depois pode:

  • Oferecê-lo grátis para seus leitores em troca de suas informações de contato, criando uma lista de assinantes.
  • Pode também comercializar o e-book por um valor modesto mas que dependendo do seu volume de visitantes, será um bom dinheiro no total de vendas.

Outra opção é também organizar seu material já escrito e criar um curso on-line, ou vender o e-book acompanhando uma aula que você organize.

Plataformas como a Udemy oferecem todo recurso necessário para venda do curso on-line.

A vantagem de se criar um curso on-line é que você não precisa de um grande volume de visitas no seu blog.

5. Venda de Produtos

Ao se criar um nome e marca associada ao seu nicho de negócio, dependendo da criatividade e valor associado, você pode então começar a pensar em produtos para venda no seu blog.

Um exemplo disso são os blogs que vendem camisetas, canecas, bonés e outros produtos que mostrem suas marcas.

6. Parcerias de Negócios

couple sitting beside the table during daytime

Ao ver qualquer história contada por grandes empreendedores, sempre é comum quando eles falam de seu começo, quando nem imaginavam aonde poderiam chegar. A medida que vamos persistindo no que gostamos de fazer, novas coisas vão acontecendo sem muito controle, vamos crescendo pessoalmente com novos conhecimentos, muitas vezes conhecendo pessoas que fazem diferença em nossas vidas.

Criando seu negócio através de um blog não é diferente. Ao acumular conhecimento e experiência, você verá que o que você produz pode transformar e atrair para novos desdobramentos totalmente inesperados, como parcerias de negócios.

Seu blog será um portal de conhecimento para outras pessoas encontrarem você, gostarem do que você faz e o convidarem para novos empreendimentos.

Claro que isso pode levar bastante tempo, mas é algo incrível que motiva qualquer um que está começando, ver que pode alcançar novos patamares, conhecendo novas pessoas e abrindo oportunidades nunca imaginadas.

De artigo em artigo novo, vamos escrevendo, jogando um pouco de nós para o universo, que pode um dia voltar com um presente.

7. Consultoria de Serviços

Young woman working in a cafe

Uma forma bem interessante de ganhar dinheiro com seu blog é oferecer seus serviços através de consultoria para seu público. De que forma?

Você precisa saber fazer alguma coisa que ofereça como serviço, pode ser escrever, fotografia, um design, programação, etc, etc, etc…

Crie uma página de contato onde você possa oferecer como serviço. um pouco do que você construiu com tanto cuidado e paixão.

  • Conte sua história, o que você já fez.
  • Explique quais problemas você pode resolver.
  • Ofereça uma forma de pagamento razoável e fácil de se fazer, como por exemplo, pagamento via Paypal.

Lembre-se de organizar o serviço que vai oferecer de forma bem profissional, crie um plano, um método, escreva suas regras e siga o combinado.

9. Estratégia de Conteúdo Para Blog

clear sodium bulb lot with white background

Quando começamos um novo blog, não é tão diferente de abrir um novo negócio, tudo parece bastante complicado incerto. As vezes parece que estamos escrevendo para ninguém, passam-se semanas e nenhuma visita, nenhum comentário, ficamos sem qualquer feedback se estamos no caminho certo.

Por isso é melhor sempre ter um plano, uma estratégia para que nestes momentos, você possa ter ao menos uma ideia do que fazer.

Definição de Objetivos

Se você pensou no seu nicho, no seu nome e ideia de negócio, tem que pensar no que pode executar que vá resolver problemas para seu público. A execução do plano é talvez a parte mais importante e complicada de se fazer pois exige um total compromisso da sua parte.

Lembre-se dos porquês de estar fazendo tudo e de como resolve questões que outras pessoas vem até você. Quais são os objetivos que você pretende chegar com a criação do seu blog, pode ser um volume de visitantes ou um número de assinantes do seu email de notícias.

Importante definir alguns pequenos objetivos (e devem ser pequenos) para que você se sinta motivado a continuar. Escreva estes pequenos objetivos de sucesso para se auto cobrar semanalmente.

Definição de Conteúdo de Publicação

Um bom exercício para se decidir quais tópicos principais serão publicados no seu blog é escreve-los numa folha de papel. O número não pode passar de 10 assuntos, eles devem ser gerais e amplos, capturando toda a ideia do seu nicho de trabalho.

Imagine que você decida que seu nicho é escrever sobre mecânica de automóveis, alguns tópicos que poderão ser usados:

  • Carros Mais Problemáticos.
  • Carros Menos Problemáticos.
  • Lanternaria.
  • Motor e Elétrica.
  • Segurança e Seguros.

A sua imaginação é que deve estabelecer os seus tópicos, mas lembre-se que devem ser gerais que consigam atingir toda gama de assuntos os quais domina e poderá explorar no blog.

Capricho Nos Títulos

Lembre-se sempre de que a geração que vivemos é uma consumidora de títulos. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Pittsburgh investiga que o cérebro da geração Y (ou milênio) pode estar se tornando diferente devido ao uso da tecnologia.

Embora ainda seja cedo para tirar qualquer conclusão se o cérebro muda por causa da tecnologia ou a tecnologia muda para se adaptar aos padrões de satisfação cerebral, o fato é que o título do artigo pode determinar se ele vai ser lido ou não.

Outra pesquisa mostra que 80% das pessoas apenas lê os títulos dos artigos, seja das redes sociais ou jornais, mais um ponto que indica o cuidado que temos que ter para escrever bons títulos com chamadas interessantes e relevantes para os leitores.

Sempre Usar Imagens nos Artigos

Estudos mostram que conteúdos com alguma imagem têm muito mais popularidade do que os sem. Além disso, são mais compartilhados e mais comentados.

O cérebro humano é muito mais rápido para reagir a imagens do que palavras.

Um estudo de neurociência do MIT observou que o cérebro humano consegue processar imagens em até 13 milissegundos, ou um pouco acima 1/100 de segundo, isso corresponde a mais ou menos 600 vezes mais rápido que o processamento de palavras.

Uma imagem vale 1000 palavras

Ditado popular

De acordo com a ciência, pode não ser 1000, mas 600 palavras, o que é uma vantagem imensa a ser observada por criadores de conteúdo.

Para quem vai escrever um blog pela primeira vez, produzir imagens ou vídeos pode ser complicado, porém a internet tem alternativas grátis.

Todos serviços na lista acima são grátis e podem oferecer um acervo imenso para você exercer sua criatividade no seu blog.

Crie uma Agenda de Publicação Para Seus Artigos

Antes mesmo de começar a escrever seu primeiro artigo, é bom pensar quando será o próximo e sobre o que ele será.

Definir quando você publica pode ajudar na criação da sua audiência, de pessoas que voltam ao seu blog para ver novos artigos porque sabe que ele terá sempre conteúdo novo atualizado.

Escreva uma lista de 10 artigos que você pode falar sobre, coloque em uma planilha do Google Docs. Estabeleça uma data limite para publicação de cada um deles. Você pode também escrever um certo número de artigos e então publica-los de uma só vez, a escolha é sua.

O importante é ter uma rotina definida, com certa previsibilidade, gerando e captando audiência que gosta do que lê e retorna, algo que é uma das coisas mais difíceis em um blog.

Claro que com o tempo você pode ir adaptando e modificando esta agenda de acordo com o feedback dos seus leitores. É possível ver toda forma de estatística usando o Google Analytics, com a ajuda da ferramenta de pesquisa de palavras-chaves do Google Ads, você vai se aprendendo aperfeiçoando.

Não seja tão rígido nem tão relaxado, encontre o equilíbrio entre controle e velocidade, na próxima seção vamos falar mais sobre isso.

10. Criando uma Rotina e Compromisso de Publicação no Blog

MacBook Pr, white calendar and brown folding on brown wooden desk

Depois que você criar seu blog no WordPress, as 2 características mais importantes para se ter um blog de sucesso são: Conteúdo e consistência.

Se alguém visita uma página na internet que achou interessante, marca nos seus favoritos, não vai curtir voltar uma semana depois e não encontra nada novo. Hoje em dia a internet é cheia de conteúdo que ficou popular por ser constantemente atualizado, seja no Instagram, Facebook ou Youtube.

Cria-se o hábito de ver novamente aquilo que você gosta, caso tenha novidades, mais do mesmo, de forma um pouco diferente.

O usuário cria a expectativa de ver o conteúdo, logo você deve estar pronto para oferecer.

Escrevendo bons artigos e criando uma rotina determinada de forma consistente, o leitor vai satisfazer a sua expectativa de ler o seu conteúdo.

Para que você consiga escrever bem consistentemente, você também deve estabelecer expectativas para si mesmo.

Alguns exemplos para criar expectativas para sua própria publicação:

  • Estabelecer uma rotina de publicação de dois artigos por semana de 3000 palavras cada.
  • Criar uma meta de aumentar o número de visitantes em x% para o final do mês.

Quando você começa a publicar conteúdo toda semana, vai conseguir saber o que funciona e o que não funciona com seus leitores.

Por exemplo você faz uma sequência de artigos sobre um assunto, gera um número de visitas e comentários, no mês seguinte começa a falar de outro assunto que acaba por não ser tão popular, as estatísticas de visitantes caem e você tem que repensar sua agenda de publicação.

Além disso, quanto mais consistente você for em relação a sua escrita, melhor você vai ficar na arte de escrever. Quanto melhor você estiver escrevendo, mais chances são de atrair pessoas que gostem do seu conteúdo. É a chamada onda positiva.

Talvez a consistência esteja até acima do próprio conteúdo. Um artigo com menos inspiração publicado na agenda correta ainda é melhor do que um artigo perfeito publicado com um mês de atraso sem nada em seu lugar.

Pense que assim como outras coisas na vida, por exemplo, começar uma dieta, não adianta fazer por apenas um dia. Um dia após o outro, caminhando de pequenos constantes passos, você chegará ao seu objetivo.

Conclusões Sobre Criação do Blog no WordPress

Após este longo artigo que mostra passo-a-passo criar seu blog no WordPress, algumas coisas bem importantes devem ser lembradas, vamos fazer uma consolidação do que foi visto.

Criar seu blog no WordPress é algo que qualquer pessoa pode fazer com um mínimo custo de dinheiro.

Determinando seu nicho, seu nome e seus tópicos principais de produção, algumas poucas barreiras técnicas estarão entre você e a criação do seu blog.

Leia: Escolhendo a Melhor Hospedagem para WordPress

  • Escolha do nicho e nome do domínio.
  • Escolha do servidor de hospedagem WordPress como o Bluehost.
  • Escolha do Tema e Design.
  • Instalação dos plugins básicos.

Agora que a parte técnica foi ultrapassada, você deve então:

  • Criar sua página de identificação, quem é você e no que pode ajudar.
  • Definir suas páginas de contato, serviços que vai oferecer.
  • Definir um modelo de publicação, saber usar títulos e imagens para sua comunicação.

Depois de criar seu blog no WordPress, agora resta determinar uma rotina de criação, escolher uma agenda de temas, e então colocar a mão na massa, criando conteúdo de forma consistente através de uma rotina de trabalho.

Para ganhar dinheiro com o blog você terá que:

  • Escrever conteúdo de forma consistente.
  • Gerar visitas e cativar seu público alvo.
  • Analisar seu tráfego com ferramentas como o SEMRush para otimizar suas palavras-chaves.
  • Observer o que seu público prefere, as vezes tendo que se adaptar.
  • Ter paciência e perseverança.

Com um determinado volume de tráfego gerado, ai então pode começar a pensar nas formas de monetização. Ganhar dinheiro com o blog nunca poderá ser o foco principal e sim o resultado de um trabalho de publicação consistente de um bom conteúdo.

Tudo isso não é fácil e leva tempo, muitos blogs demoraram anos para alcançarem o sucesso. Por isso é necessário ter bastante paciência, principalmente no início.

Lembre-se de que escrever é uma arte que você vai ficar cada vez melhor, isso será útil em todos aspectos da sua vida.

Mas a recompensa é boa para quem tem perseverança. O blog pode ser uma ferramenta de trabalho que dará a liberdade que muitos sonham, ter seu negócio, não trabalhar para ninguém além do seu público de visitantes.