Ad Clicks :Ad Views : Ad Clicks :Ad Views : Ad Clicks :Ad Views :

Um Passeio Pelo iTunes Match

Junto com o novo iPad a Apple anunciou o serviço chamado iTunes Match. Embora muita gente nem utilize o iTunes, nunca tenha sincronizado seu iPhone no computador, eu ainda insisto que o iTunes é o melhor programa pra gerenciar o conteúdo de músicas, fotos, vídeos, podcasts e outros tipos de mídias nos aparelhos com o iOS (tais como iPhone, iPad e iPod Touch).

Se você nunca sincronizou seu iPhone com o computador, deveria experimentar, fazer backup dos seus dados de contatos, aplicativos, fotos tiradas com o aparelho e tudo que estiver nele.

A Apple está fazendo com que tudo que você tenha no aparelho com iOS seja colocado na nuvem, serviço chamado de iCloud. Onde quer que você esteja você pode acessar seus dados. Perdeu seu iPhone, ao pegar um novo aparelho e se conectar no iCloud você recuperaria todos seus dados, contatos, programas, etc. Isso é muito bom.

Voltando ao iTunes Match, que custa 24 dólares por ano, o serviço pega suas músicas que não foram compradas na loja do iTunes e se existe uma cópia delas na nuvem, a disponibiliza pra você, aonde quer que esteja.

Vamos supor que você tenha um computador em casa que sincroniza com o iPhone, e outro no trabalho. Você poderia instalar o iTunes no computador do trabalho e acessar todas as músicas que estão no computador de casa.

Quando você liga o iTunes Match pela primeira vez, ele vai levar um tempo para fazer o “match” das suas músicas com a nuvem. Depois disso você pode usar o iTunes em outro computador, basta entrar com sua conta para ativar o iTunes Match e poder escutar e sincronizar as músicas com seu iPhone, iPad ou iPod Touch.

Eu tenho um computador no escritorio com algumas músicas, e quando liguei ele no iTunes Match, foi mostrada uma mensagem dizendo que somente um catálogo poderia estar ligado no serviço. Como eu tinha músicas diferentes nos dois computadores, acabou que meu catálogo no iCloud ficou com a soma destas músicas, a Apple não deixa claro que pode fazer isso, mas foi o que aconteceu. O que eu recomendo mesmo para não ter confusão é criar um novo catálogo no seu 2o computador.

Quando você ativa o iTunes Match, novas colunas estão disponíveis no iTunes, uma com o símbolo da nuvem (que não é bem claro para que serve) mas mostra o estado da música, se o arquivo reside no computador ou na nuvem ou em nenhum ainda (o que pode ocorrer quando o match não foi completado). Uma segunda coluna pode ser acrescentada para ajudar na identificação deste estado, chamada de “Estado do iCloud”, mostra por escrito e facilita na hora de entender.

Se você clica numa música que está na nuvem você pode ouvi-la, e se clicar no ícone da nuvem o arquivo é baixado para seu computador, a mesma coisa acontece se você o coloca em alguma lista para sincronizar com o iPhone por exemplo.

No iPhone você pode ativar o iTunes match nos Ajustes -> Música -> iTunes Match

O login utilizado será o mesmo que estiver configurado em Ajustes -> Loja

Quando ativar o iTunes Match, ele irá substituir as músicas do seu iPhone pelas que estão no iCloud através do iTunes Match.

Então vamos para o veredito. O iTunes Match vale o que a Apple cobra?

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar