Diferença entre pulso e minutos

By | abril 19, 2007

 Images Phone

Na telefonia fixa atualmente discute-se a migração dos planos de pulso para minutos. Acho que a discussão não é bem esclarecedora do jeito que é colocada. Tenho experiência em telecomunicações e trabalho com auditoria de contas telefônicas, isto é, eu verifico para grandes empresas se a conta está certa. Geralmente não está.

Para ver o que acontece com telefonia fixa com pulsos, primeiramente vou explicar como se calcula o preço da chamada cobrada por pulsos. Quase ninguém sabe.

A cobrança por pulsos se dá na conexão da chamada, depois um pulso que não dá pra saber quando entre 0 e 4 minutos. Depois deste pulso que você não sabe onde é, os outros virão de 4 em 4 minutos. Ou seja, como existe um pulso que você não sabe onde ocorreu, o valor da chamada pode ser calculado com aproximação e não no seu valor exato.

Para poder calcular aproximadamente, usamos uma regra aqui na minha empresa. Colocamos o pulso aleatório que acontece entre 0 e 4 no minuto 2 que corresponde a 50% de probabilidade. Com isso podemos calcular o valor da chamada errando menos na média.

A nossa linha do tempo para a duração da chamada fica assim:

0m 2min 6min 10m 16m….(de 4 em 4 minutos após o 2min)

Cada marco desse corresponde a um pulso. Um no zero, outro no 2 e depois de 4 em 4 minutos.

Se a chamada dura 1 minuto, o preço será somente os pulsos que ficaram antes deste minuto na linha do tempo, ou seja 1 pulso.
Se a chamada dura 2 minutos o preço será 2 pulsos (pulso no 0 e pulso no 2).
Se a chamada dura 4 minutos, paga-se 2 pulsos também igual ao caso acima.
Se a chamada dura 7 minutos paga-se 3 pulsos. E assim em diante.

A regra agora é clara como diz o Arnaldo Cesar Coelho. Aí que entra o problema das empresas telefônicas atuais no Brasil. Elas não fazem o detalhamento de chamadas cobradas por pulso. Se fizessem, os usuários poderiam verificar se a conta está correta sabendo calcular o preço da chamada.

Ao meu ver pior que o preço da chamada ser caro é ela não ter como ser verificada sua existência e seu preço. Embora as telefonicas detalhassem as chamadas cobradas por pulso, o pulso aleatório geraria muita discussão e reclamação. Por isso aconselho todos os usuário a migrarem para conta por minutagem. Desta forma terão detalhamento das suas contas e um método matemático para averiguarem estas. No mundo todo é assim.

Link para matéria do jornal O Globo sobre a migração de pulsos para minutos.

[tags]dicas[/tags] [tags]comentarios[/tags]