Como Evitar Acessar Sites Falsos e Golpes na Internet (phishing)

By | Março 5, 2018

Um dos métodos mais comuns de golpes na internet é o chamado “phishing”. O golpista cria um site falso que imita o original de forma tão genuína e verdadeira para que os clientes entreguem suas informações sigilosas. Depois que você entrega seus dados, o falsário acessa o site original com seus dados e consegue todas informações que deseja, podendo até executar ações de transferência de dinheiro por exemplo.

Todas as pessoas que acessam a internet são alvos em potencial. Geralmente esses bandidos querem obter informações do tipo: cartão de crédito, acesso à conta bancária, identidade e CPF, logins e senhas (como do Facebook) e informações comprometedoras como fotos sigilosas.

Os golpes estão cada dia mais sofisticados, pessoas criam domínios com nomes tão parecidos com os originais com sites tão idênticos que fica difícil de distinguir. Vamos ver aqui neste artigo maneiras de evitar cair nestes golpes tão comuns na internet.

1. Sempre acesse o site através do link, enderço ou URL original

Essa dica é essencial e básica para todos. Muita gente, mas muita incluindo eu tem a mania de digitar no google o site que vai acessar, clicando então nos resultados. Golpistas criam sites parecidos com os que desejam clonar e os colocam nas primeiras posições de pesquisa, concorrendo até com o site original. Ao acessar este site, você estará em perigo.

Dica: Faça sempre a adição do seus sites mais acessados aos seus Favoritos. Isso evitará que você tenha que pesquisar ou digitar seus endereços.

O Google Chrome, assim como outros bons navegadores, tem uma barra de favoritos que você pode salvar os seus sites mais acessados. Basta arrastar o endereço URL para a barra de favoritos.

Desta forma você evita que tenha que pesquisar no Google e cair em armadilhas.

2. Verifique se o site tem conexão segura do tipo SSL

A conexão segura é mais uma camada de segurança que pode evitar que você acesse sites falsos na internet. A conexão segura é estabelecida quando existe um certificado expedido por empresas especializadas em segurança na internet. Isso assegura (a maioria das vezes) que aquele domínio é realmente de quem possui a marca ou nome.

Procure no endereço URL o cadeado que representa a conexão segura. Muitas vezes como no caso do Itau e de outras grandes empresas, o nome da empresa vem ao lado direito do cadeado.

Ou como no caso deste blog, apenas o cadeado de conexão segura SSL.

Na teoria quando há o cadeado existe uma relação segura entre o dono e a marca, porém existem empresas emissoras de certificados não tão confiáveis que podem emitir certificados para endereços parecidos com as marcas originais. Por isso digo, é mais uma camada de segurança porém não assegura em 100%. Temos que ficar de olho em mais aspectos de segurança.

3. Use extensões de navegador que autentiquem os links.

Uma maneira de se proteger de links falsos ou que representem perigo é usar a extensão WOT: Web of Trust, Website Reputation” rel=”noopener” target=”_blank”>WOT: Web of Trust.

Este plugin ou extensão do navegador, cria um sinalizador verde ao lado de links com conteúdo original e também coloca em vermelho sites já sinalizados como falsos ou de golpistas.

Para Quem Usa Cripto moedas

Leia também: Como Comprar Bitcoin de Forma Rapida e Segura

Além da WOT Web of Trust, existe uma extensão especializada para quem utiliza cripto moedas que autentica sites relacionados, mostrando se são verdadeiros, chama-se Cryptonite by MetaCert.

Esta extensão mostra um escudo verde quando o site é original. Com o grande número de pessoas utilizando cripto moedas, aumentou também o número de golpes, e um deles é o phishing. A dica de nunca utilizar o Google para acessar os sites tem muita importância principalmente neste caso.

Outras dicas importantes de segurança

Outras maneiras de identificar um site falso na internet é inspecionar aspectos básicos do site tais como:

  • Existe presença social do site: Hoje em dia quase todos sites têm página no Facebook ou em alguma rede social. Verifique isso.
  • Página de contato: Todo site deve ter uma página de contato com telefone, endereço ou alguma forma de ser contactado.
  • Ortografia e gramática: Sites falsos têm erros básicos de idioma.